Ditadura da Magreza

Coco Rocha, uma modelo de 47Kg não consegue mais tantos trabalhos como antes, ela é considerada “gorda” para ser modelo. Por favor, né? Onde vai parar o bom senso desses “especialistas” da moda?

Mas essa questão do peso das modelos é e sempre vai ser uma preocupação para mim. Há alguns julgamentos morais que parecem burrice para mim. Quando designers, estilistas ou agentes pedem que crianças tenham medidas que beiram à anorexia ou outros problemas de saúde em benefício do mercado, eles estão fazendo com que o público ignore sua consciência moral em favor da arte.” – Coco Rocha.

Arte? Só um doente vê arte em corpos esqueléticos, principalmente em crianças. Dá pra entender o motivo de quererem modelos magras, mas tudo tem o seu limite. As pessoas gostam de acompanhar as tendências da moda, mas não creio que modelos anoréxicas , com aspecto doentio, sejam ideais para representar a arte vestida.

A anorexia está, a meu ver, intimamente ligada aos padrões da moda. As modelos sofrem essa pressão da magreza constantemente, mas não são as únicas. Meninas e jovens mulheres anseiam para serem aceitas no mundo, querem sentir-se desejadas e bonitas, e o padrão de beleza na atualidade qual é? As modelos magérrimas, claro. As mulheres se frustram por não conseguirem alcançar as medidas impossíveis impostas pelo mundo da moda e entram em regimes loucos, estando mais suscetíveis a desenvolverem um transtorno alimentar.

Leia também:

90% das adolescentes americanas acham que precisam emagrecer

Ralph Lauren acusada de emagrecer digitalmente modelo no photoshop

Anúncios

Anorexia e a Mídia

A Anorexia Nervosa é uma doença grave que atinge , em sua maioria, mulheres jovens. O objetivo dessas garotas é perder peso, pois se sentem infelizes com o corpo que têm. A perda exagerada de peso pode agravar a saúde delas ao ponto de levá-las a morte.

A indústria da moda contribui bastante para a baixa auto-estima das mulheres, exibindo, em revistas e desfiles, mulheres muito magras, definindo um padrão de beleza doente e inalcançável para a maioria.

As revistas e programas de fofocas são grande vilões também. Sempre criticando alguma atriz que engorda um pouco, mesmo que ela não esteja gorda. Essa postura incute no nosso inconsciente um tipo de comportamento onde é imperdoável não ter um corpo como os das modelos e atrizes.

Outra coisa que me incomoda bastante é que praticamente toda a foto de artistas, seja de propaganda ou de evento, vêm retocada digitalmente, eliminando marcas da idade ou “imperfeições”  do corpo. Também é comum que emagreçam as celebridades para que elas entrem no padrão de qualidade.

O que fazer em uma sociedade em que você só tem valor se imitar a aparência de modelos com aspecto doentio (a maioria)?