Donna Simpson

O que leva uma pessoa a querer ser a mulher mais gorda do mundo?

Esse é o caso de Donna Simpson, uma estadunidense que pesa 273 quilos, que quer chegar aos 450 quilos, para ser a mulher mais gorda do mundo. Donna já possui o título de mãe mais gorda do mundo, ao dar a luz a sua filha em 2007.

Ela diz ser uma pessoa saudável, mas não consegue andar mais de 6 metros sem se cansar, precisando se locomover em um carrinho motorizado para ir ao supermercado.

O pior de tudo é que ela ainda é “incentivada” através de seu site, onde as pessoas pagam para vê-la comer.

Sinceramente, eu não sei o que é pior, garotas querendo emagrecer para serem “aceitas” no mundo da moda, ou essa mulher infeliz, que se ilude, achando que esta agradando as pessoas, quando na verdade o zé povo só quer ver ela se destruir.

As pessoas chegam até a mandar comida pra ela. Por favor, né? Só eu que vejo sadismo nisso? Querem ver ela se matar de tanto comer, isso sim.

Sei que as pessoas têm liberdade para divulgarem o que quiserem a seu respeito, mas acredito que, nesse caso, alguma medida precisa ser tomada. Além de oferecer riscos sérios a mulher, esse tipo de exposição é humilhante a ela, que é tratada como atração de circo. Outra coisa: e a filha dela? A menina pode acabar perdendo a mãe nessa palhaçada toda.

Anorexia e a Mídia

A Anorexia Nervosa é uma doença grave que atinge , em sua maioria, mulheres jovens. O objetivo dessas garotas é perder peso, pois se sentem infelizes com o corpo que têm. A perda exagerada de peso pode agravar a saúde delas ao ponto de levá-las a morte.

A indústria da moda contribui bastante para a baixa auto-estima das mulheres, exibindo, em revistas e desfiles, mulheres muito magras, definindo um padrão de beleza doente e inalcançável para a maioria.

As revistas e programas de fofocas são grande vilões também. Sempre criticando alguma atriz que engorda um pouco, mesmo que ela não esteja gorda. Essa postura incute no nosso inconsciente um tipo de comportamento onde é imperdoável não ter um corpo como os das modelos e atrizes.

Outra coisa que me incomoda bastante é que praticamente toda a foto de artistas, seja de propaganda ou de evento, vêm retocada digitalmente, eliminando marcas da idade ou “imperfeições”  do corpo. Também é comum que emagreçam as celebridades para que elas entrem no padrão de qualidade.

O que fazer em uma sociedade em que você só tem valor se imitar a aparência de modelos com aspecto doentio (a maioria)?